Avançar para o conteúdo principal

sem titulo

A morte de ninguém deve ser vista como efeito pedagógico.

Para mim, não obstante, que nunca uso cinto de segurança quando viajo atrás, vou mudar radicalmente de postura. 

Não gosto de conduções perigosas ou demasiado rápidas e não ando, à partida (só se não conhecer o estilo do condutor) com aceleras que ignorem o código da estrada como se ele não existisse. Mesmo assim, isso não quer dizer nada pois há tantas mais pessoas a cruzarem-se comigo, em andamento. 

Lamento imenso pela família. E pela família das demais vitimas (uma também já falecida, outra internada). E pelas famílias de todos aqueles que pereceram na estrada, sobretudo os que foram apanhados pelas circunstâncias, sem culpa alguma. Perder alguém é uma dor que nos racha da cabeça aos pés. Porém, lamento mais por quem morreu (morre, morrerá ...), perdendo a vida que tinha(m) à disposição.

Tinhas um sorriso contagiante. Descansa em paz, Angélico. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Do acosso

Este calor que se abateu com uma força agressiva consome qualquer resistência.  O suor clandestino esbate vergonha e combate qual sabre as dúvidas.  A noite feita à medida de libertinos cancela as vozes interiores que alertam para mais uma queda dolorosa. A brisa quente atordoa, embriaga no contacto com a pele. O tempo pára, as palavras suspendem entre olhares que sustentam no ar tórrido toda a narrativa; qual pornografia sem mácula, mas plena de pecado. A lua cheia transborda e dá luz à ausência de sanidade que percorre no corpo. Tudo parece possível, uma corrente de liberdade atravessa-nos com o sabor do quente esmagado. E, mesmo assim, pulsa algo mais intenso. Mais derradeiro. Mais dominador. Mais perverso que o toque dos dedos. Mais agressivo que a temperatura irrespirável. O freio da impossibilidade.  A intuição luta com o medo e na arena o medo mesmo que picado tem sempre muita força. O medo acossa-nos.

na verdade, estou lá (4)

Villa Amanda The Corridor - Blue Sea, Cabo San Lucas, Mexico via Luxuary Retreats

na verdade, estou lá (6)

Calandra Porto Rotondo, Sardinia, Italy via Luxuary Retreats