terça-feira, 8 de abril de 2014

Absolut Maria!

OO facto de eu admitir que até gosto de passar a ferro, já por si dá azo a risos. Eu acrescentar que pode ser relaxante, não ajuda. Assumir que em dias de calor, e com muita roupa para passar, chegar a abrir uma garrafa de vodka, pôr gelo no copo, musica alta e vamos a isto, dá um certo ar decadente à coisa... 

Mas eu podia invocar, em meu abono, que há quem escreva livros sobre aquecer "um nadinha" (esse preciosismo de bradar aos ceus) de vodka com infusões, ou o que era, de alfazema, e usar essa "mistura" para perfumar a roupa, qual receita caseira. 

Não invoco, porque não estou alcoolizada. E porque apesar dos livros estarem publicados e à venda, o estilo crónica feminina da metrópole lusitana não me calha (um nadinha) bem. 

2 comentários:

A Mais Picante disse...

Temos de falar Mónica... passar a ferro? É que só se for pelo vodka..

Mónica disse...

Ahahahah! Tendo que fazer algo, em caso de necessidade, geralmente mês de Agosto, quando fico sem o mais precioso plano A, pois sim... De todas tarefas domésticas, seja essa. Mas o tal livrinho das dicas para fada do lar ser pode ajudar a desenvolver outras valências. Em calhando.