quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Outubro - Mês da Prevenção Cancro Contra a Mama III


Hoje tive a oportunidade de estar com duas mulheres, lindas, bem dispostas, e cheias de força, que um ano depois estão agarradas à vida e deram um pontapé no cancro.

Não estão curadas, mas não desistiram, não desanimaram e são uma lição sem sequer se esforçarem. Apenas pelo seu GRANDE sorriso. 






FACTOS SOBRE CANCRO DA MAMA


-        De acordo com os últimos dados disponíveis, o cancro da mama é a doença mais diagnosticada em mulheres. Em 2008, estima-se que em 1.38 milhões de mulheres, em todo o mundo, foi diagnosticado cancro da mama pela primeira vez.1

O Cancro da Mama é o cancro mais comum entre as mulheres, excluindo o cancro de pele. A probabilidade de a uma mulher ser diagnosticado cancro da mama durante a sua vida é de 1 em 8. 2

-       - Muito embora as mulheres corram um risco maior, aproximadamente 1% de todos os cancros da mama ocorridos nos EUA são diagnosticados em homens;

-        - Estima-se que 5% a 10% de todos os cancros da mama tenham uma predisposição genética.4

-        - Para uma mulher sem sintomas e sem antecedentes, que esteja na casa dos 20 e dos 30 anos, recomenda-se que faça um exame clínico dos seios, como parte de um check-up de saúde normal. Para mulheres com 40 anos ou mais, o exame clínico pode ser um complemento importante de uma mamografia. 5

-        - Mulheres com 40 anos ou mais devem fazer mamografias. As mamografias podem não detectar todos os tumores, mas continuam a ser um método muito eficaz para detectar cancro na mama.6

-        - Em 2012, a American Cancer Society estima que 226,870 novos casos de cancro da mama invasivo tenham sido diagnosticados em mulheres nos EUA, resultando em 39,510 mortes. 7

-        - O National Cancer Institute estima que aproximadamente 2.6 milhões de mulheres americanas com um historial de cancro da mama estavam vivas em Janeiro de 2008 – mais de metade do número de mulheres a quem foi diagnosticada a doença nos dez anos anteriores.8





FAÇA ISTO POR SI E POR AQUELES QUE AMA

Algumas mudanças no seu estilo de vida e consultas médicas regulares podem fazer toda a diferença. O Cancro da Mama é mais tratável num estado inicial. A detecção precoce salva vidas.


Conheça o seu corpo
Examine os seus seios regularmente e comunique qualquer alteração ao seu médico.

Faça Exames
-        Tenha consultas médicas regulares. Se estiver na casa dos 20 ou dos 30 anos, peça ao seu médico para fazer um exame clínico aos seus seios, durante a consulta;
-       Se tem 40 anos ou mais, faça uma mamografia anual; se é uma pessoa com um historial de risco, faça este exame mais cedo.

Mantenha-se em Forma
-        Coma vegetais e fruta. As suas fibras, anti-oxidantes e outros nutrientes podem ajudar;
-        Mantenha um peso saudável. Peso extra significa Risco extra;
-        Modere o consumo de álcool e brinde a uma vida mais saudável!
-        Não fume; se fuma, desista agora;
-        Faça exercício físico. Para reduzir o risco de cancro da mama, a American Cancer Society recomenda 45 a 60 minutos de actividade física, 5 ou mais dias por semana.




1 Fonte: International Agency for Research on Cancer/World Health Organization (http://globocan.iarc.fr/factsheets/cancers/breast.asp)
2-8 Fonte: American Cancer Society (www.cancer.org)
Para mais informações visite  American Cancer Society at www.cancer.org



Informação gentilmente cedida pela Estée Lauder Companies.

Sem comentários: