segunda-feira, 18 de junho de 2012

murro no estomago





Nunca nada nos prepara para más noticias sobre pessoas de quem gostamos

É uma merda. 

E nem penso de modo egoista, tipo "podia ser eu", ter uma trip de vou mudar a minha vida, aproveitar mais; ou passar pelo modo arrependimento "nem temos falado nos ultimos meses".

A vida é assim e não há que ficar a remoer nos "ses".

Mas custa imaginar a dor e o medo que passaram a coexistir com quem nos é próximo.






Sem comentários: