segunda-feira, 1 de julho de 2013

Desalinhados



Urge tomarmos uma medicação qualquer que nos acalme porque estão a ocorrer demasiadas coisas ao mesmo tempo altamente estranhas e geradoras de desequilíbrios perniciosos. 


Não sei se é da instabilidade climatérica, do numero de pessoas (milhares, milhões) que saíram à rua no Brasil, na Turquia, no Egipto e oscilaram o planeta mas algo se passou.

A Croácia, 20 anos depois de participar nos jogos nacionais de mata o teu vizinho na Jugoslávia, e tendo ainda um "pequeno" problema de aceitação do TPI, coisa de pouca relevância, entrou na UE. Uhuh, festa! Anda tudo pra' lá de apaixonado com as praias da Croácia, coma a beleza da Croácia, todos querem a Croácia.  A falta de memória é um dos grandes desafios da nossa sociedade. 

Hoje também o Gaspar sai para dar lugar a uma pessoa que nas ultimas semanas foi acusada de ter negociado swaps tóxicos mas ter sido protegida por estar no governo, gestão danosa e, mais recentemente, mentirosa. Quando se chega ao ponto de chamar mentiroso a um político ou membro do governo a coisa está feia. Mesmo assim, o sr. Coelho achou que para substituir o Prof Gaspar (que até entrar para o governo, nada tinha que se lhe apontasse ... Devia ser das poucas anti nódoas desta associação de canalhas) a sra. Secretária de Estado com cara de poucos amigos era a ideal. 

O Poiares Maduro pode fazer os briefings que quiser, brincar ao West Wing com muito estilo, o raio que o parta, mas é impossível apagar tamanha incompetência, falta de habilidade,  noção da realidade, vá... Estupidez em estado puro e desnorte total. E dá para tudo: para erros grosseiros como para medidas de enriquecimento ilícito, como soluções  desfasadas da situação social, como palermices. Algures perdemos a dignidade, certo?

Para culminar a bizarria, o José Luis Peixoto ganhou um prémio. Porra, algo mesmo muito serio se passa com o cabrão do universo. 

Sem comentários: