sábado, 10 de agosto de 2013

Quando a angustia aperta



E onde estás quando preciso mesmo de ti? 

Sem comentários: