Avançar para o conteúdo principal

ódios de estimação 1

faz bem para exorcizar as nossas pequenas raivas e dar à má lingua!!!!

aqui vai o TOP 5:


nº 1 inquestionável: Filipa Castro... ex mulher de jogador de futebol, mãe de 2 crias, mais não terá feito do que isto na vida. A minha teoria é que o "de" antes do castro veio no pack promocional do silicone que colocou ainda casada porque isto há que chulá-los bem antes de dar o berro pela independencia e pelo encornanço costumeiro dos cromos da bola. Já não há pachorra para a ver em tudo o que é festa como se fosse o ser mais mediatico do planeta pela excelente contribuição para a Humanidade. Soltou a franga (e quem quer que a apanhe) e tem péssimo gosto. Veste-se mal que doi. Preferivel vê-la nas revistas de gajo semi nua, ainda q mesmo assim os bikinis sejam sempre pirosos... e anda esta espécie de coisa nao pensante num Audi Q7. Realmente o mundo anda ás avessas.




nº 2 o cliché: Clara de Sousa .... a historia da cinderela dos tempos modernos.



A moça roliça da cintura industrial casa com o namorado da faculdade, forma familia, coloca naperons por cima da tv, vão progredindo, são bem sucedidos mas ela sempre mt sopeirinha valha-nos Deus até que... mulher encornada, mulher renovada. E mais uma que soltou a franga, versão quarentona. Vá de se produzir, escanchar-se nas revistas como se fosse a nova miuda dos morangos com açucar, arranjar 1 gajo novo a quem possa por fim dar ordens e muda-se o look... tudo com a subtileza de um elefante numa loja da Vista Alegre. Mau, mtº mau o resultado. Mantém-se sopeiral mas com roupa de marca. Recuso-me a ver noticias dadas por ela... não é credivel, será que está a fitar a camara / publico ou a olhar-se ao espelho? prefiro o piscar de olho ordinarote do José Rodrigues dos Santos

nº 3 a sem explicações: Lucy ... não há nada que escreva que possa explicar esta coisa.





Desde a pronuncia chunguita das berças, à floribella, à roupa que devia ser seriamente investigada pela ASAE, à familia disfuncional, às mensagens para o yannick djaló, bem tudo é perversamente mau na menina pobre que se tornou rica mas que parece saida sempre de um bar de alterne (sem ofensa para as alternadeiras que me merecem respeito... esta espécimen, NAO!!!).



nº4 a deslumbrada ... Maya: alguém sabe se alguma vez acertou alguma coisinha relativamente aos seus prognosticos astrológicos? Claramente mais inteligente que os outros ódios mencionados, é espertalhaça e tb gosta de sacar miudos. Não é parva não, é só mesmo irritação. É rainha da noite, viperina, invejosa e como diria a Teresa Guilherme com as hormonas pimpilantes. Será a menopausa??? É que há tratamentos harmonais. Mas verdade seja dita, nenhum aumento de mama foi tão visto / falado como o dela... mas PORQUÊ??? essa é a questão... a culpa não é dela, é dos tugas desencabestrados com o rumo do país!



nº5 o macaco amestrado: cristiano Ronaldo... sem querer negar o talento da criatura e o esforço / dedicação que coloca no que faz e que lhe permitiu progredir na carreira e deixar para trás uma infancia pouco privilegiada, a verdade é que tudo nesta coisa me irrita (os abdominais são ok!). É tudo em excesso. As acrobacias em campo qual macaco no circo; as roupas espalhafatosas à atirar para o bicha rasca; a colecção de carros exibicionista (o MTV Cribs pode fazer 1 programa sobre o gajo); as prostitutas e as outras sem direito a titulo de tal numa manifestação de masculinidade bacoca de 1 gajo que não sai das saias da mãe; a familia vampiresca em fato de treino e mtº mal penteada; e, pior, ter dinheiro para mostrar, sem aproveitar para cultivar e melhorar-se como individuo. É igual a qualquer rapper americano que se preze. Não é 1 atleta... não tem cabeça para tal. É 1 desportista. Se não fosse famoso e jeitoso com a bola, passava bem por trolha às compras ao fim de semana em fato de treino.

Amanhã há mais!!!


Comentários

Anónimo disse…
Delicioso, mas não resisto a fazer uma pequena alteração e dar o primeiro prémio à Maya, isto porquê... porque de um momento para o outro já é chamada de "Tia" como se fosse algo desde sempre inerente à sua pessoa... socorro... basta ver o nome...desde quando abelha é "Tia".

bjs
IL
Anónimo disse…
Tás em grande. Qualquer dia podes juntar as crónicas do blog e metê-las num livro, como o Barnabé (mas com mais piada, claro).

Entretanto, acrescento o ódio de estimação: o Castelo Branco, esse homem-que-parece-uma-gaja-e-que-dá-mau-nome-a-todos-nós!!
MB
Salsicha disse…
Voto na Maya! Que criatura! Um case study... como chegar de mera astróloga com anúncios no Correio da Manhã ao lado do Professor Bambu, até ao estrelato da família Caras... nem com photoshop lá vai... irra!
Anónimo disse…
Também voto Filipa para 1ºlugar brega por todas as razões exemplarmente expostas!!!

Sofia ;)
Anónimo disse…
Eu voto na Xunga dos miúdos. brega mais brega não há. Tudo começou com a compra de 2 melões!

Just Me

Mensagens populares deste blogue

A importância de se chamar Candidato

Numa altura em que as empresas recorrem cada vez mais às redes sociais para procurar candidatos a postos de trabalho (89%) e que 65% por cento é bem-sucedida, conseguindo contratações satisfatórias (Fonte: PR Comunicácion) convinha que as empresas de recrutamento e de executive search pensassem um bocadinho mais sobre o seu modus operandi.


Falo por experiência, por conhecimento e por não ter conseguido efectivar mudanças. 

O headhunter da velha guarda, armado em doutrina maquiavélica, que nunca leu, perspectiva o candidato como um meio para atingir um fim: facturar.  O candidato só serve enquanto servir os interesses do projecto. A satisfação do cliente é posta à frente de tudo e todos. Esta sobranceira linha de raciocínio,  a frio, tem alguma razão de ser. Quem paga as contas são os clientes. Como metodologia, é um erro crasso.
Num mercado concorrencial, um factor claramente diferenciador é a relação que se estabelece entre um consultor e os seus candidatos, pelo menos com aqueles que a…

gaja à beira da loucura

Isto pode paracer a demência absoluta mas já estou por tudo. A Alexandra Solnado (isso mesmo, este post vai por esse caminho...) dizia numa entrevista, há umas semanas, ao promover o seu mais recente "livro" que a maioria das pessoas que lhe aparecem para consultas, são pessoas doentes - jura?!
Agora, a sério, as pessoas padecem de doenças fisicas e, no seu desespero, que nem é discutivel porque cada um saberá o que se sente quando se chega a esse patamar, procuram ajuda ou conforto no projecto da Alexandra Solnado (é assim que se chama). Posto isto, explicava a Alexandra Solnado que as doenças são, não obstante, reflexos de outros problemas mais antigos ou e a outros níveis. Não me recordo dos exemplos que ela dava mas era algo como pessoas que tinham tido muitos desgostos e uma vida marcada pela tristeza, desenvolviam uma doença grave em especifico, localizada numa área do corpo em particular. 
Ora, e dando o beneficio da duvida a esta teoria (pois que temos a perder?), gosta…

Inesperadamente, a semana passada

Uns dias bons.
O  25 de Abril. Comer caracóis, os primeiros deste ano. Passear e trabalhar no Porto, deambular nos Clérigos. Diariamente, sessões de The Newsroom e Melhor do Que Falecer. O Pedro Mexia e os ferrinhos na emissão especial do Governo Sombra (e a banda sonora e a Manuela Azevedo e as citações certeiras de Salazar bem seleccionadas por Ricardo Araujo Pereira). O Benfica, tão grande! Opá, o Benfica ❤️