Avançar para o conteúdo principal

sou kinky e não sabia

Há meses que recebo newsletters / convites para sex parties, via email. 

Ora, eu não sou gaja dada ao tudo ao molho e fé em deus; não saio à noite há uns 5 anos (não faço, pois, parte de mailing lists do quer que sejam os night spots que existam); não sendo propriamente puritana (cada um faz o que quer com cada cantinho da sua anatomia desde que não prejudique os demais) também não sou especialmente adepta do "bardajona" style; não vivo no Porto, nunca vivi, há quase 2 anos que não vou ao Porto (onde estas festas decorrem... nota mental: esta gente do norte, muita frente)... Portanto, sem criticas, a minha questão é, PORQUÊ EU?

Analisemos o convite (e aviso já que nunca cliquei no "aqui" para ver imagens das festas que já ocorreram), portanto escusam de perguntar, que não sei!

___________________________________________

Caro/a MNC,

Tomamos a liberdade de lhe enviar as informações detalhadas sobre à 3ª Edição do evento “Qual é o Teu Fetiche?”.

Agendado para Sábado, 8 de Dezembro a partir das 23h45, o evento será realizado no .............., na Baixa da cidade do Porto.

Depois do sucesso da última edição em Julho de 2012 a festa chique e atrevida, que decorre sob o tema Qual é o teu fetiche?, está de regresso ao fabuloso ................... O dress code exigido é sexy. Aos que pretendem aderir, convém saber que rendas, corpetes, cabedais, quimonos e acessórios, como máscaras, chapéus e chicotes, são bem-vindos!

Para estar na guest-list do evento deve:

Enviar os nomes para guestlist@?????.com.pt

Condições de acesso atráves da guest-list:

HOMENS: 15€ c/ oferta de 1 Heineken

MULHERES: 10€ c/ oferta de 1 Heineken


Pode tambem adquirir os bilhetes de pre-venda com valor reduzido. Deve utilizar um dos seguintes métodos:

1. Através de um dos RP's do evento. A lista completa encontra-se na descrição do evento no facebook: AQUI!

2. On-line através da plataforma LAST2TICKET no link: AQUI!

Custo pré-venda:

HOMENS: 15€ c/ oferta de 2 bebidas (1 bebida branca + 1 Heineken)*

MULHERES: 10€ c/ oferta de 2 bebidas (1 bebida branca + 1 Heineken)*

* A bebida de oferta Heineken, é válida mediante entrada antes das 2.30h.

No dia: 15€ sem bebidas de oferta válidas.


Relembramos algumas informações importantes:



• O dress code exigido é sensual e chique. Aos que pretendem aderir agora pela primeira vez, convém saber que rendas, corpetes, cabedais, quimonos e acessórios, como máscaras, chapéus e chicotes, são bem vindos. Tudo isto, claro, com requinte e bom gosto. Aconselhamos estarem vestidos de acordo com o tema da festa! Caso deseje pode usufruir de um desconto de até 20% na Casa D'Eros, na apresentação do convite do evento.

• Recomendamos que chegue ao local do evento entre a 1h e 2h AM.
• Recomendamos a utilização de taxi.
• Video-report da 2ª Edição do “Qual é o Teu Fetiche?” AQUI!
• Video-report da 1ª Edição do “Qual é o Teu Fetiche?” AQUI!


Qualquer dúvida ou informação adicional sobre o evento, pode ser enviada para o endereço de e-mail: info@zzzzz.com

Contamos consigo!
Obrigado,
_____________________________________________________


Primeiro, o dress code - sexy mas com bom gosto. Isto é mesmo pretensioso. Para quê tanto mimimi se é para sacar a vestimenta toda e dar uma de Studio 54 à "beira" de todos? 

Vá, lingerie La Perla ou Agent Provocateur e tragam sex toys. Não se aceitam gajos com boxers pirosos e pelos. Ponto. Assim, muito melhor!

Depois, os preços. O valor parece-me baixo para uma coisa de jeito, sinceramente. O mais certo é aparecerem lá os coirões dos coirões, as candidatas à Casa dos Segredos e cromos da bola da liga orangina, carago. A pedra de toque da falta de sofisticação desta soirée orgástica que mais parece de sociedade recreativa do bingo do Boavista (que deus o tenha) é a cerveja Heineken. 

Oi? E champanhe Veuve Clicquot a rodos, pelos corpos já em batalha pelo suanço, nada? Cerveja?! Really? Vai tudo acabar a noite num motel qualquer do Reinaldo Teles, não?

A sério, a convidarem-me para eventos deste calibre que seja uma coisa de JEITO e não as 50 Sombras do Bolhão, caraças. 




Comentários

Maura Teixeira disse…
Ahaha. Desculpa, mas não resisti a dar umas gargalhadas. Principalmente com a tua última frase xD
Mónica disse…
Não tem nada quedeis desculpa. Rir é do melhor que podemos fazer na vida
Mnc
Dulce disse…
ahahhah genial!!!! Nada contra este tipo de eventos... mas esse tem tudo para ser as 50 Sombras do Bolhão, tem... :)

Mensagens populares deste blogue

gaja à beira da loucura

Isto pode paracer a demência absoluta mas já estou por tudo. A Alexandra Solnado (isso mesmo, este post vai por esse caminho...) dizia numa entrevista, há umas semanas, ao promover o seu mais recente "livro" que a maioria das pessoas que lhe aparecem para consultas, são pessoas doentes - jura?!
Agora, a sério, as pessoas padecem de doenças fisicas e, no seu desespero, que nem é discutivel porque cada um saberá o que se sente quando se chega a esse patamar, procuram ajuda ou conforto no projecto da Alexandra Solnado (é assim que se chama). Posto isto, explicava a Alexandra Solnado que as doenças são, não obstante, reflexos de outros problemas mais antigos ou e a outros níveis. Não me recordo dos exemplos que ela dava mas era algo como pessoas que tinham tido muitos desgostos e uma vida marcada pela tristeza, desenvolviam uma doença grave em especifico, localizada numa área do corpo em particular. 
Ora, e dando o beneficio da duvida a esta teoria (pois que temos a perder?), gosta…

Inesperadamente, a semana passada

Uns dias bons.
O  25 de Abril. Comer caracóis, os primeiros deste ano. Passear e trabalhar no Porto, deambular nos Clérigos. Diariamente, sessões de The Newsroom e Melhor do Que Falecer. O Pedro Mexia e os ferrinhos na emissão especial do Governo Sombra (e a banda sonora e a Manuela Azevedo e as citações certeiras de Salazar bem seleccionadas por Ricardo Araujo Pereira). O Benfica, tão grande! Opá, o Benfica ❤️

A importância de se chamar Candidato

Numa altura em que as empresas recorrem cada vez mais às redes sociais para procurar candidatos a postos de trabalho (89%) e que 65% por cento é bem-sucedida, conseguindo contratações satisfatórias (Fonte: PR Comunicácion) convinha que as empresas de recrutamento e de executive search pensassem um bocadinho mais sobre o seu modus operandi.


Falo por experiência, por conhecimento e por não ter conseguido efectivar mudanças. 

O headhunter da velha guarda, armado em doutrina maquiavélica, que nunca leu, perspectiva o candidato como um meio para atingir um fim: facturar.  O candidato só serve enquanto servir os interesses do projecto. A satisfação do cliente é posta à frente de tudo e todos. Esta sobranceira linha de raciocínio,  a frio, tem alguma razão de ser. Quem paga as contas são os clientes. Como metodologia, é um erro crasso.
Num mercado concorrencial, um factor claramente diferenciador é a relação que se estabelece entre um consultor e os seus candidatos, pelo menos com aqueles que a…