Avançar para o conteúdo principal

silly season

Não falo nem do Chão da Lagoa nem da Festa do Pontal; nem da Maya em TODO o lado (a mulher é omnipresente). Irei apresentar os meus achados da silly season:

1. apesar do tradicional menor transito em Lisboa na 1ª quinzena de Agosto, todos os dias vi 2 a 3 acidentes... não, não somos nada maus a conduzir. Marques de Pombal e Entrecampos, imbativeis na liderança do ranking;

2. O Liedson conseguiu a legalização em tempo recorde. Milhares de outros desgraçados em condições precárias esperam e desesperam pela legalização para conseguirem endireitar a vida no novo pais, e aquele cabrão consegue num ápice. Só mesmo neste país virado para o futebol, que se escandaliza pelo amarelo ao Vujkevic (quando é uma regra, estupida, mas é 1 regra do trabalho dele). É por estas coisas que a Selecção Nacional me é perfeitamente indiferent.

Mas já que se aplicam estas naturalizações rápidas, dá para aplicar criterios relevantes tipo, o aspecto? É que para gente feia e no Sporting já basta o Djalózinho e a Manicure Lucy;

3. O CR) teve virus gripal (vi num cartoon CR9NI) o que não é de espantar dado que quando se lida com porcas. Quelle surprise;

4. o Funchal é uma das cidades europeias com melhor qualidade de vida. Relembro que os cubanos pagam parte dessa qualidade de vida. Também concordo que se está bem no Funchal apesar do AJJ e de alguma tendencia para o showoff. No entanto, no Funchal o cartão de utente que funciona em TODO Portugal não é aceite nas farmácias. Independentizaram-se e nós não demos por nada por entre os incomios rasgados (por quanto tempo) do AJJ á Srª do Colar de Perolas? Sendo assim, são europeus? Ou apenas madeirenses?

5. Last but not least... as mamas novas da Matilde Mourinho como capa de revista.

Yo go, Girl! Admito, com mtª pena, a inveja daquele corpinho todo jeitoso. Dispensava o silicone mas há que reconhecer que a "Choco Frrito " está papável.

'Miga, fizeste muitissimo bem. Estas um bom pedaço (sem o ar ordinarote da Claudia Jacques), caso te divorcies as mamas ele já não tas leva (vide Filipa DE Castro), o trabalho aparentemente ficou bem feito e caso ele te traia, podes sempre arranjar um italiano giraço que te suspire ao ouvido; "Mamma mia, que donna!"

Comentários

Tigrão disse…
Tammy girl = o dobro da prateleira, o dobro do charme.
Monica disse…
ora aí está, mai nada!!!

Mensagens populares deste blogue

Da alegria

Gosto desses olhos que se iluminam e que pausam em mim como se nada mais existisse naquele longo momento. Esse olhar decidido, seguro, revelador de um modo de estar ciente do que se quer e descomplicado.
Fazes-me rir. Como se o mundo fosse fácil. Como se salvar-me das trevas não fosse uma missão mas sim manter-me saciada, livre, às gargalhadas, serena e em silencio, a ler com as pernas esticadas sobre ti.

Gosto das madrugadas de surf, mesmo ao frio. Dos beijos salgados e daquele teu cheiro misturado com água gelada. O cheiro que ainda hoje me faz ficar apreensiva, receosa, quando acordo a meio da noite e te ouço a respirar devagarinho e aquele cheiro está encostado a mim. E como aquele cheiro me apareceu e inundou de alegria.

A importância de se chamar Candidato

Numa altura em que as empresas recorrem cada vez mais às redes sociais para procurar candidatos a postos de trabalho (89%) e que 65% por cento é bem-sucedida, conseguindo contratações satisfatórias (Fonte: PR Comunicácion) convinha que as empresas de recrutamento e de executive search pensassem um bocadinho mais sobre o seu modus operandi.


Falo por experiência, por conhecimento e por não ter conseguido efectivar mudanças. 

O headhunter da velha guarda, armado em doutrina maquiavélica, que nunca leu, perspectiva o candidato como um meio para atingir um fim: facturar.  O candidato só serve enquanto servir os interesses do projecto. A satisfação do cliente é posta à frente de tudo e todos. Esta sobranceira linha de raciocínio,  a frio, tem alguma razão de ser. Quem paga as contas são os clientes. Como metodologia, é um erro crasso.
Num mercado concorrencial, um factor claramente diferenciador é a relação que se estabelece entre um consultor e os seus candidatos, pelo menos com aqueles que a…

I shine

Kiss me before you break my heart. There is still room to be damaged for every breath I take on myself and for myself. I regain confidence on me on every touch of you, even those that will be lost. 
The shivers running down on my spine awaken me and allow me to make you feel stronger, bolder, in love with life. 
I expand my senses while you will torn my world apart. We are under the same sky but I am meant to be a trail of light rather than a guiding star. 
I will burn your soul and you will break my heart. Yet I shine. So, kiss me and let's pretend.