sexta-feira, 21 de agosto de 2009

silly season

Não falo nem do Chão da Lagoa nem da Festa do Pontal; nem da Maya em TODO o lado (a mulher é omnipresente). Irei apresentar os meus achados da silly season:

1. apesar do tradicional menor transito em Lisboa na 1ª quinzena de Agosto, todos os dias vi 2 a 3 acidentes... não, não somos nada maus a conduzir. Marques de Pombal e Entrecampos, imbativeis na liderança do ranking;

2. O Liedson conseguiu a legalização em tempo recorde. Milhares de outros desgraçados em condições precárias esperam e desesperam pela legalização para conseguirem endireitar a vida no novo pais, e aquele cabrão consegue num ápice. Só mesmo neste país virado para o futebol, que se escandaliza pelo amarelo ao Vujkevic (quando é uma regra, estupida, mas é 1 regra do trabalho dele). É por estas coisas que a Selecção Nacional me é perfeitamente indiferent.

Mas já que se aplicam estas naturalizações rápidas, dá para aplicar criterios relevantes tipo, o aspecto? É que para gente feia e no Sporting já basta o Djalózinho e a Manicure Lucy;

3. O CR) teve virus gripal (vi num cartoon CR9NI) o que não é de espantar dado que quando se lida com porcas. Quelle surprise;

4. o Funchal é uma das cidades europeias com melhor qualidade de vida. Relembro que os cubanos pagam parte dessa qualidade de vida. Também concordo que se está bem no Funchal apesar do AJJ e de alguma tendencia para o showoff. No entanto, no Funchal o cartão de utente que funciona em TODO Portugal não é aceite nas farmácias. Independentizaram-se e nós não demos por nada por entre os incomios rasgados (por quanto tempo) do AJJ á Srª do Colar de Perolas? Sendo assim, são europeus? Ou apenas madeirenses?

5. Last but not least... as mamas novas da Matilde Mourinho como capa de revista.

Yo go, Girl! Admito, com mtª pena, a inveja daquele corpinho todo jeitoso. Dispensava o silicone mas há que reconhecer que a "Choco Frrito " está papável.

'Miga, fizeste muitissimo bem. Estas um bom pedaço (sem o ar ordinarote da Claudia Jacques), caso te divorcies as mamas ele já não tas leva (vide Filipa DE Castro), o trabalho aparentemente ficou bem feito e caso ele te traia, podes sempre arranjar um italiano giraço que te suspire ao ouvido; "Mamma mia, que donna!"

2 comentários:

Tigrão disse...

Tammy girl = o dobro da prateleira, o dobro do charme.

Monica disse...

ora aí está, mai nada!!!