segunda-feira, 10 de setembro de 2012

by the way ...



Não sei se é dificil, se é triste, se é a vida, se é o que é, mas há momentos em que temos perfeita consciência que ninguém nos escuta, que há um infinito de solidão na incompreensão, de querer falar e assumir desde logo que não vale a pena. 

E as partilhas ficam menores, a frustração vai-se acomodando cá dentro e cada dia é mais pesado pensar em abrir janelas. 

   

Sem comentários: