terça-feira, 18 de setembro de 2012

Esperái pôr minhas mãos em ti!

Se não consegui ler, nem à primeira nem à segunda nem à terceira (e depois desisti) os Pilares da Terra (nem a série!), se o Preço do Dinheiro não está a ser assim "aquela" coisa, o volume I da trilogia O Século - A Queda dos Gigantes foi "papadinho" num instante apesar das suas 928 páginas (que dificulta a logística da leitura nos transportes públicos e a mobilidade da coisa).


Confesso que gosto muito de livros históricos (menos Idade Média, está visto!) e que atravessam largos períodos de tempo e o Ken Follett fá-lo magistralmente na Queda dos Gigantes. As personagens articulam-se com coerência no contexto social, geográfico e circunstancial em que vão "passeando" diante dos nossos olhos.


Hoje saiu, por fim, o segundo livro: O Inverno do Mundo. A vida das cinco famílias que protagonizam a trilogia é continuada pela segunda geração enquadrada pela emergência do Terceiro Reich, a Guerra Civil de Espanha, a II Guerra Mundial, o nazismo e o Holocausto, as bombas atómicas e o início da Guerra Fria.


Vai para a pilha. Mas tem que vir. Não vai esperar muito tempo.



*O Vale dos 5 Leões também se lê muito bem.

2 comentários:

B. Cérise disse...

Os pilares da terra li o 1º volume e vi a série e até gostei. A queda dos gigantes gostei imenso, mas demorei demasiado tempo a ler (mudei de país no entretanto e o livro ficou em PT até ao meu regresso) e quando lhe pequei já não me lembrava muito bem. Tenho o vale dos 3 leões para ler e tenho imensa vontade de ler esse também :)
A ver vamos como corre!
Bom dia para ti :)*

Mónica disse...

Bom dia!
O Vale lê-se num instante
Numa tarde de espalanada ou sofá!
Bjo e o que importa é aproveitar a leitura
Bjo