quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Crónica de uma Loucura Anunciada ≠ 1

Até há poucos anos (nem assim até há muito tempo mas ao que parece que foi uma eternidade, uma outra galáxia temporal), o meu hobby eram compras.

A-D-O-R-A-V-A. Dava-me imenso prazer. Era um escape, um passatempo, uma forma de libertar energias, de estar sozinha horas sem me chatear. Era um vicio que elevei a forma de arte. Tinha olho para a coisa. 

De repente, passou a ter menos piada. Passou a ser algo que fazia mais espaçadamente, que me gerava frustração e que, lá pelo meio, ocasionalmente me deixava bem disposta quando acertava no contexto vencedor: time-opportunnity-budget-fab!

Depois veio a fase "não me apetece". 

Cheguei, por fim, à etapa em que COMPRAS me gera medo.

É o efeito regresso às aulas que baixa em mim se eu alguma vez tivesse sido um miúda tótó agarrada às saias da mãe a fazer birras. Entrar numa Zara cria-me tamanha crise de ansiedade, um aperto no peito que mais depressa acedo ir ao dentista. 

Ir às compras faz-me chorar. True story.

Sem comentários: