quarta-feira, 29 de setembro de 2010

errar é humano ...

... mas insistir no erro, sempre com os mesmos resultados, já é ou burrice ou ter rabo preso.




O erro está identificado por euzinha desde que se materializou em Lisboa: dá pelo nome de César "Deficiente" Peixoto (parafraseando o moço da casa, com base no trademark da minha Santinha), uma daquelas contratações que se me explicarem, mesmo com desenhos, e devagar, vai ser sempre física quântica para moi même.

O gajo é mau, faz merda, perde bolas, obriga a que os colegas façam faltas (eu, se fosse o Luisão, já lhe tinha feito aquela amostra mete nojo de barba à chapada) e, ah!surpresa, às vezes comete erros que acabam em desastre.

Atente-se que não é de hoje, nem desta época. É desde sempre. 

Estou cansada, com sono, dói-me a cabeça e já não bastava o Benfica ter jogado mal na 2ª parte, e não ter feito o que estava obrigado (MARCAR, logo na 1ª parte!), ainda temos que pagar a factura da incompetência do Peixoto. A Chaves que o aguente, que nós, do Benfas, não temos paciência. E isto é uma conversa que nem é pra' ter com o César mas com o Jesus, que insiste em perpetuar aquela nódoa.

Já agora, quem raio se chama Farfán???? E com esse nome, tem a veleidade em marcar golos?

Sem comentários: