quinta-feira, 13 de junho de 2013

Era uma vez uma omoplata

E à 3ª sessão de osteopatia.... A dor!

Não gritei ou desmaiei, porque 3 meses de mindfulness deram-me alguma preparação para focar atenção plena na dor até não a sentir. Isso e porque 2013 tem-me dado uma couraça brutal em termos de resistência. Mas, oh mamma, como me apetecia gritar. Bolas. 

A parte boa, sessão de caracóis e sangria que se seguiu. 

Mas esta omoplata colada vai ser só mais uma "coisa gira" para me atormentar. 

2 comentários:

Cailin disse...

bonito serviço!

Mónica disse...

Cailin, isto está um circo montado