Avançar para o conteúdo principal

O insustentável peso do ser

Há dias em que custa muito. Há dias em que custa pouco. Há dias em que, por momentos, é possível esquecer. Há dias em que magoa, muito. Há dias em que é indiferente, fica-se na cama e dormir apazigua. Há dias em que se chora, com a intensidade de uma queda de agua, com força demolidadora de um ataque.

Há dias em que se espera por magia, que faz o tempo voltar atrás, que volte a ser como dantes, que não seja tão assustador olhar para a sombra.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

na verdade, estou lá (6)

Calandra Porto Rotondo, Sardinia, Italy







via Luxuary Retreats

na verdade, estou lá

BOW - Hill House
Camaruche, St. Barts, Caribbean Ser um trabalhador como o Sr. Amorim das Rolhas e não ser rico, é mesmo chato ...






via luxury retreats

na verdade, estou lá (4)

Villa AmandaThe Corridor - Blue Sea, Cabo San Lucas, Mexico







viaLuxuary Retreats